Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Campus Nova Andradina recebe alunos para experimentos práticos

Extensão

Campus Nova Andradina recebe alunos para experimentos práticos

Atividade faz parte de um projeto de extensão voltado ao ensino de ciências junto à Rede Municipal de Ensino.
por Cleyton Lutz publicado: 08/11/2017 14h05 última modificação: 09/11/2017 07h52
Exibir carrossel de imagens Os alunos acompanharam a realização de experimentos práticos

Os alunos acompanharam a realização de experimentos práticos

O Campus Nova Andradina do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) abriu suas portas para os estudantes da Escola Municipal Professor João de Lima Paes, nesta terça e quarta-feira, 7 e 8.

No total, 160 alunos do 6º e 7º anos puderam conhecer a instituição. A visita faz parte do projeto de extensão “Ciências: uma abordagem prática”, desenvolvido desde o ano passado, e que tem como objetivo a criação de ferramentas de aprendizagem e de aproximação entre as duas comunidades escolares.

O projeto, responsável pela implantação do laboratório de ciências da natureza na escola, prevê ainda atividades práticas junto aos estudantes de ensino fundamental e a apresentação dos projetos de pesquisa desenvolvidos pelos discentes do IFMS.

Na primeira visita realizada pela escola, os estudantes participaram de experimentos práticos nos laboratórios de aquaponia, biologia, física e química, além de conhecerem a estrutura física da instituição. Até o final de novembro estão previstas outras visitas dos alunos do 8º e 9º anos. 

A atividade foi acompanhada pelos docentes da escola João de Lima Paes. “Trata-se de uma oportunidade que os nossos estudantes têm de conhecer as possibilidades oferecidas pelas ciências, envolvendo-os desde o ensino fundamental”, afirma a coordenadora pedagógica da escola, Lilian Guimarães.

Aprendizado – A aluna do 6º ano Marielly Satil, 11, foi uma das participantes da última edição da Feira de Ciência e Tecnologia de Nova Andradina (Fecinova). Ela esteve no Instituto pela primeira vez. 

“Os experimentos práticos foram bem legais, porque neles foram explicadas a origem de cada item utilizado, coisa que muitas vezes o professor não tem tempo de fazer nas aulas. O fato de vermos os trabalhos produzidos pelos estudantes do IFMS também é um incentivo para prosseguirmos com nossos trabalhos e continuarmos participando dos eventos científicos”.

Um dos trabalhados apresentados pelos discentes do IFMS durante a visita foi o “Chicken jump”, um jogo didático desenvolvido para o ensino de química orgânica a partir de defensivos agrícolas utilizados na cultura do milho. 

O coordenador do projeto de extensão, Jônatam Rodrigues, técnico de laboratório do campus, explica que a ação junto à Escola João de Lima Paes “é muito importante para o crescimento das instituições, já que os alunos do ensino fundamental poderão ampliar seu conhecimento com novos recursos de aprendizagem e o Instituto, divulgar suas ideias e concepções perante a comunidade”. 

Ele destaca ainda que o projeto visa o estabelecimento de um espaço em comum o ensino, extensão e desenvolvimento de prática científica, além da troca de experiências entre os alunos e profissionais das duas instituições. 

“Por meio das atividades laboratoriais, relacionadas ao ensino de ciências, a parceria busca proporcionar aos alunos um desenvolvimento interdisciplinar do conhecimento por meio de atividades práticas”, comenta.

registrado em: ,