Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Estudantes e servidores podem fazer o diagnóstico do IFMS

PDI 2019-2023

Estudantes e servidores podem fazer o diagnóstico do IFMS

Entre 11 e 23 de maio, a comunidade interna dos dez campi e reitoria terão a oportunidade de analisar forças, fraquezas, oportunidades e ameaças da instituição.
por Juliana Aragão publicado: 08/05/2018 08h42 última modificação: 08/05/2018 08h42

Uma das etapas para elaboração do novo Plano de Desenvolvimento Institucional, documento que reunirá os objetivos e metas do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) para o período de 2019 a 2023, é o diagnóstico dos ambientes interno e externo da instituição. O levantamento será feito entre os dias 11 e 23 de maio, na reitoria e nos dez campi, e contará com a participação de estudantes e servidores.

"Ao conhecer seu ambiente, o IFMS pode neutralizar fraquezas, potencializar forças e minimizar ameaças, pois dessa forma poderá criar oportunidades e gerar melhores resultados", detalhou Elaine Cassiano, presidente da subcomissão responsável pelo levantamento.

Além de promover a análise dos cenários interno e externo, levantando as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças do IFMS, esta etapa do processo de elaboração do PDI 2019-2023 também busca conhecer quais são as principais demandas setoriais e da comunidade acadêmica.

A presidente da subcomissão responsável por fazer o levantamento dos pontos fortes e fracos da instituição e professora de Administração do Campus Campo Grande, Elaine Cassiano, explica que a ferramenta utilizada para fazer o diagnóstico do IFMS será a Matriz Swot.

"Trata-se de uma ferramenta estratégica para que a instituição possa definir seus objetivos e metas. O IFMS precisa conhecer o ambiente em que está inserido para poder neutralizar suas fraquezas, potencializar suas forças e minimizar possíveis ameaças, pois dessa forma poderá criar novas oportunidades e gerar melhores resultados", detalhou Elaine.

Sensibilização - Na reitoria e nos campi estão sendo executadas ações de sensibilização para que o maior número possível de estudantes e servidores participe da aplicação da Matriz Swot nas datas definidas no cronograma a seguir:

Unidade do IFMS Data de aplicação da Matriz Swot
Reitoria 11 de maio de 2018
Campus Aquidauana 16 de maio de 2018
Campus Campo Grande 15 de maio de 2018
Campus Corumbá 22 de maio de 2018
Campus Coxim 23 de maio de 2018
Campus Dourados 11 de maio de 2018
Campus Jardim 21 de maio de 2018
Campus Naviraí 11 de maio de 2018
Campus Nova Andradina 16 de maio de 2018
Campus Ponta Porã 14 de maio de 2018
Campus Três Lagoas 17 de maio de 2018

A principal estratégia para garantir a participação de servidores e estudantes, segundo a presidente da subcomissão, é o corpo a corpo. Os responsáveis pelo diagnóstico nas 11 unidades do IFMS estão fazendo reuniões setoriais e conversando com estudantes em salas de aula para explicar como funciona a Matriz Swot e a importância da participação da comunidade interna na análise dos ambientes.

"Demos liberdade para que os campi fizessem a sensibilização. Teve campus que espalhou folhas de papel em branco pelos setores para que os servidores já escrevessem, durante o expediente, os pontos fortes e os que precisam ser melhorados na instituição. Outros, preferiram compartilhar um drive para que as ideias fossem registradas", explicou.

A coordenadora pontua que, ao final do levantamento, é muito importante que os responsáveis pela ação façam a devolutiva. "Os estudantes e servidores precisam ter conhecimento sobre os pontos fortes e fracos de cada unidade do IFMS, o que pode ser feito por meio de um cartaz afixado no mural, por e-mail ou em uma reunião geral, por exemplo".

Relatório - Após a aplicação da Matriz Swot na reitoria e nos dez campi, a subcomissão irá elaborar o relatório com os diagnósticos das 11 unidades e uma matriz consolidada do IFMS.

O resultado do diagnóstico institucional servirá de subsídio para a elaboração do Mapa Estratégico do IFMS, o que ocorrerá durante o evento Futuro em Construção, a ser realizado entre 28 e 30 de maio.

"É muito importante que a instituição olhe para esse diagnóstico e, efetivamente, transforme em ação o que foi apontado pela comunidade interna como pontos fortes e fracos", concluiu Elaine.

Elaine lembra que, além de ajudar na elaboração do Mapa Estratégico da instituição, a Matriz Swot também é uma importante ferramenta de trabalho para os diretores-gerais dos campi. 

"Todos irão receber os resultados específicos por unidade, até para que possam trabalhar as forças e fraquezas dos campi no decorrer dos próximos cinco anos. É muito importante que a instituição olhe para esse diagnóstico e, efetivamente, transforme em ação o que foi apontado pela comunidade interna como pontos fortes e fracos", concluiu.

PDI 2019-2023 - O processo de elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional para o período 2019-2023 é conduzido por uma Comissão Central com o apoio de 21 subcomissões designadas pela Portaria nº 653, publicada no Boletim de Serviço nº 16, de 27 de abril de 2018.

O documento reunirá os objetivos e metas da instituição pelos próximos cinco anos nas áreas do ensino, pesquisa, inovação, extensão, gestão de pessoas, infraestrutura física e tecnológica, instalações acadêmicas, organização administrativa e gestão orçamentária.

A construção do PDI tem diversas etapas de participação social, em que as comunidades interna e externa poderão contribuir para a definição dos objetivos e metas da instituição.

A primeira etapa de participação social é a revisão da Missão, Visão e Valores do IFMS, que teve início no último dia 3. Até sexta-feira, 11, qualquer cidadão poderá sugerir - por meio de um formulário online - novas redações para esses três elementos que, juntos, constituem a razão de ser da instituição.

Entre 28 e 30 de maio, será realizado o Futuro em Construção, evento em que estão previstos um workshop sobre planejamento estratégico e o congresso em que será validado o Mapa Estratégico do IFMS, com a participação de representantes de estudantes, docentes e técnicos-administrativos. Os interessados já podem consultar o regulamento para saber como participar do congresso.

As audiências públicas nos dez municípios onde a instituição tem campus serão promovidas entre 11 e 27 de junho. E, de 2 a 20 de julho, qualquer cidadão poderá participar da etapa "O IFMS que você quer", enviando sugestões ao Plano de Desenvolvimento Institucional por meio de vídeo ou mensagem.

Nos meses seguintes, estão previstas a elaboração do Plano de Metas, do Projeto Pedagógico Institucional e da minuta do PDI, que será disponibilizada para consulta pública entre os dias 12 e 25 de setembro. Com o texto final consolidado, o documento seguirá para apreciação do Conselho Superior (Cosup), em novembro.

Este será o terceiro PDI da história do IFMS, que este ano completa dez anos de criação. É com base nesse documento que o Ministério da Educação (MEC) avalia os cursos superiores e recredencia instituições de ensino.

Todas as informações sobre o processo de elaboração do PDI 2019-2023 e as formas de participação social estão disponíveis no espaço i-Cidadania.