Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Unidades da Incubadora do IFMS terão investimentos de até R$ 300 mil

Empreendedorismo

Unidades da Incubadora do IFMS terão investimentos de até R$ 300 mil

Auxílio será concedido para implantação, estruturação e desenvolvimento das unidades TecnoIF nos campi da instituição.
por Osvaldo Sato publicado: 08/11/2018 07h51 última modificação: 12/11/2018 06h36

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) publicou nesta terça-feira, 6, edital para concessão de auxílio para estruturação e desenvolvimento das Unidades TecnoIF nos campi da instituição.

A TecnoIF, incubadora mista e social de empresas do IFMS, é um agente facilitador do processo de geração e consolidação de empreendimentos inovadores, por meio da formação complementar de empreendedores em aspectos técnicos e gerenciais.

Atualmente, o IFMS conta com unidades em sete campi: Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Jardim, Naviraí, Nova Andradina e Três Lagoas.

O auxílio previsto por este edital será viabilizado por meio do Programa Institucional de Incentivo ao Ensino, Extensão, Pesquisa e Inovação (Piepi), aos servidores coordenadores selecionados para estruturar e desenvolver as Unidades TecnoIF.

Edital nº 79/2018, com todas as normas desta seleção, está publicado na Central de Seleção do IFMS.

O Diretor de Empreendedorismo e Inovação do IFMS, Matheus Neivock, explica que as atividades de pré-incubação na instituição iniciaram em 2016, e que desde então, o apoio obtido foi através de bolsas-auxílio para os estudantes. Com este edital, abre-se possibilidade para investimentos na estruturação dos espaços físicos das unidades.

"O edital contempla investimentos específicos para que a unidade possa montar sua estrutura física, com aquisição de materiais necessários para atender aos estudantes pré-incubados", explicou o diretor. "A proposta pode ainda contemplar apoio para que os integrantes dos sistema de incubação passem por capacitações e eventos", destacou.

Investimentos - O recurso investido por meio deste edital pode ser de até R$ 300 mil. Para cada proposta aprovada, será disponibilizado auxílio Piepi no valor de R$ 25 mil para itens de capital e R$ 12,5 mil para itens de custeio.

Este Edital, entretanto, somente será executado caso haja liberação de orçamento para o exercício de 2018. 

Submissão - É de responsabilidade do proponente, que deve ser um docente efetivo do IFMS que, preferencialmente, seja o coordenador local da Unidade TecnoIF ou esteja envolvido com as atividades da incubadora.

A submissão deve ser feita via internet, por meio do módulo Pesquisa do SUAP. Cada campus poderá submeter apenas uma proposta

O processo de submissão compreende o preenchimento de todos os itens listados no módulo pesquisa apresentados no Anexo II, bem como na anexação de todos os formulários/ anexos e documentos solicitados.

Os projetos podem contemplar a estruturação, desenvolvimento e consolidação da unidade, assim como o desenvolvimento de atividades relacionadas a esse ambiente de inovação.

Devem ser, ainda, previstas a oferta de turmas para os eventos, oficinas, cursos e demais ações.

A proposta deve conter ações de disseminação da cultura empreendedora inovadora, tanto para a comunidade interna quanto para a externa do IFMS.